Áudio com último contado do voo da Chapecoense com torre de comando

Um áudio que mostra o desespero do comandante do avião que levava o time da Chapecoense para a Colombia foi divulgado. Nele o comandante pede prioridade para pouso por falta de combustível, um dos possíveis motivos da queda do avião.

São 2:31 de comunicação antes da queda da aeronave que estava a poucos quilômetros da cabeceira da pista de Medellín, o piloto já estava em posição de pouso, mesmo sem ter a total autorização da controladora de voo e pedia desesperadamente as coordenadas para que pudesse pousar imediatamente.

Ouça o áudio abaixo:

 

Veja abaixo uma tradução da comunicação:

Miguel Quiroga, piloto do avião da Chapecoense: “O voo LaMia CP2933 em aproximação. Solicitamos prioridade para a aproximação, pois enfrentamos um problema de combustível”.

Controladora de tráfego na torre do aeroporto: “Entendo. Solicita prioridade para sua aterrissagem por problema de combustível. Correto?”

Avião da Chapecoense: “Afirmativo”.

Torre: “Ok. De acordo. Lhe darei instruções para efetuar a aproximação. Em aproximadamente sete minutos iniciarei a confirmação”.

Torre: “Tenho uma aeronave abaixo de você, efetuando a aproximação, além de sermos afetados por uma revisão de pista. Quanto tempo tem para permanecer em sua aproximação, LaMia?”

Avião da Chapecoense: “Com emergência de combustível, senhorita. Por isso lhe peço de uma vez um trajeto final”.

Torre, para outro avião: “Avianca 9356… Inicie a aproximação agora”.

Outro avião: “Iniciando a aproximação agora”.

Avião da Chapecoense: “Solicito descida imediata”.

Torre: “LaMia 2933, você pode efetuar um desvio à direita para iniciar uma descida? Há tráfego 1 milha abaixo de você”.

Avião da Chapecoense: “Solicitamos nos incorporar de uma vez a outro vetor”.

Torre: “Tem trânsito a sua frente, a 18.000 pés”.

Torre: “Atentos, LaMia 2933. Continue a aproximação. Pista úmida. Precisa de alguma assistência na pista?”.

Avião da Chapecoense: “Lhe confirmaremos a assistência em pista”.

Avião da Chapecoense: “Senhorita, LaMia 2933 está em falha total, sem combustível”.

Torre: “Está livre e esperando chuva sobre… Bombeiros estão alertas”.

Avião da Chapecoense: “Vetores, senhora! Vetores!”.

Torre: “O sinal do radar se perdeu. Não tenho você. Notifique o rumo agora”.

Avião da Chapecoense: “Rumo 3,6,0. Rumo 3,6,0”.

Torre: “Você está a 8,2 milhas da pista”.

Avião da Chapecoense: (Algo que se parece com “Jesus!”).

Torre: “Você disse o que agora?”.

(Voz masculina na torre de controle): “Não responde”.

(Outra voz masculina na torre de controle): “Não”.

Torre: “Qual sua altitude agora?”

Fim do contato.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *